Uma lição sobre limões e limonada: criação de oportunidades de negócios para EPCs a partir das metas emergentes de sustentabilidade e eficiência

Publicado: 29 de junho de 2021

Como se diz, se a vida te der limões, faça uma limonada. E se você seguir essa analogia, tenho certeza de que vai concordar que as empresas de engenharia, aquisição e construção (EPC) tiveram sua cota dessa bebida refrescante e azeda durante anos, desde a escassez de mão de obra e das margens historicamente baixas, até as atividades intensas de fusões e a complexidade cada vez maior dos projetos (intensificada pela pandemia).

Agora, com as regulamentações de sustentabilidade emergentes, como a norma IMO 2020 da Organização Marítima Internacional e as metas para zerar as emissões líquidas de petróleo e gás até 2050, as plantas devem ser executadas não somente no prazo e no orçamento com risco mínimo, mas também com o menor impacto de carbono possível. Ao final do projeto, as plantas também precisam operar com os mesmos padrões.

As plantas de amanhã não só serão eficientes e sustentáveis, mas também serão conectadas e colaborativas, com sistemas instalados que podem ser facilmente modernizados conforme as demandas do mercado.

Imperativos da planta do futuro: gêmeo digital e sustentabilidade

Nos setores de plantas de processos, os operadores proprietários estão mudando as estratégias rapidamente para equilibrar eficiência e sustentabilidade, a fim de se manterem competitivos e atrair futuros investimentos. Esse imperativo bilateral deixa pouca margem de escolha aos gerentes de projeto e líderes de engenharia das empresas de EPC: deve-se inovar para entregar projetos bem-sucedidos com baixa pegada de carbono ou perder para os concorrentes que o fazem.

A sustentabilidade não vem e não pode vir à custa da eficiência. Na verdade, as duas estão relacionadas. As mesmas informações do gêmeo digital que promovem a eficiência podem ser analisadas de forma diferente para medir os impactos de carbono provocados por materiais, remessas e processos de negócios abaixo do ideal (como consumo de energia). Um ganho na eficiência da planta costuma equivaler a uma redução no impacto mas, em primeiro lugar, é necessário que você tenha sistemas instalados para monitorar as métricas de ambos.

As informações digitais de engenharia, comportamentais (processos) e de histórico (operações), quando integradas na forma de um gêmeo digital, apresentam análises comparativas e informações úteis em todo o ciclo de vida do ativo. As maneiras como essas informações podem ser utilizadas são ilimitadas, mas os benefícios para as metas de eficiência e sustentabilidade podem ser obtidos simultaneamente, a partir do mesmo conjunto de dados em contextos diferentes.

Como lidar com um problema óbvio: o ROI da digitalização dos EPCs

Você pode se perguntar: "De fato, para serem contratados em plantas no futuro, os EPCs sabem que devem demonstrar que Não há fontes no documento atual, a capacidade de oferecer projetos e plantas eficientes, sustentáveis e conectados digitalmente... Porém, nossas margens já estão próximas do limite: como podemos aumentar o nível de complexidade e ainda sobreviver?".

A transferência de um gêmeo digital está se tornando uma exigência do operador proprietário no final de muitos projetos, mas também pode ser o elo que faltava para criar a resiliência do EPC. Com uma abordagem de engenharia baseada em dados na nuvem, os EPCs podem simplificar a colaboração entre as partes interessadas do projeto em todo o mundo, utilizando dados confiáveis do projeto para reduzir a ineficiência, o desperdício e até mesmo as viagens para reuniões. Com isso, é possível minimizar atrasos no cronograma e gerar economias no projeto, que podem ser reinvestidas em mais iniciativas de sustentabilidade, aproveitadas pelo EPC para aumentar as margens ou compartilhadas com o proprietário para melhorar a viabilidade do projeto e a chance de contratação.

O desenvolvimento do gêmeo digital na fase do projeto oferece também transparência em tempo real para os clientes, eliminando a necessidade de atualizações complicadas do projeto. Ele pode também ser facilmente transmitido no final do projeto para capacitar os sistemas operacionais, o que aumenta a satisfação dos clientes e a probabilidade de recontratação futura.

As empresas inovadoras de EPC descobriram novas fontes de receita com a digitalização de projetos de capital. As ofertas de gêmeos digitais como serviço mantêm a integridade dos dados, e o EPC permanece empenhado em identificar oportunidades de expandir o uso do gêmeo digital nas operações. Isso traz ainda mais valor ao cliente e estende o envolvimento do EPC muito além do desfecho tradicional do projeto, gerando uma receita recorrente que reforça a resiliência nos negócios.

Projetos ímpares, soluções flexíveis

Tal como as pessoas, todo projeto é ímpar.

Novas plantas, como a instalação de captura de carbono de US$ 100 bilhões da ExxonMobil proposta recentemente, serão projetadas e executadas digitalmente. Esse processo digital começará naturalmente a contribuir com as informações de engenharia e projeto necessárias para formar o gêmeo digital a partir do início do projeto. Todas as disciplinas de engenharia, em várias localizações geográficas e firewalls corporativos, trabalharão em plataformas compartilhadas na nuvem para eliminar o trabalho isolado, melhorar a transparência e atingir a máxima eficiência de engenharia, ao mesmo tempo que contribuem perfeitamente para um gêmeo digital que amadurece junto com o projeto.

Os projetos de renovação brownfield, nos quais as atualizações são feitas em ativos antigos, estão crescendo em popularidade para modernizar ativos operacionais sem um investimento significativo de capital ou grande risco comercial. O uso da tecnologia de gêmeos digitais em plantas operacionais antigas permite que os trabalhadores conectados se familiarizem com as instalações existentes e experimentem várias soluções antes de realizarem modificações ou reparos.



Agora, à medida que as instalações existentes em todo o mundo respondem às exigências regulatórias emergentes e às mudanças nas necessidades do mercado, como o aumento da demanda por hidrogênio azul e verde, eletrificação e instalações de captura de carbono, os projetos de renovação continuarão a crescer. Para capitalizar essa oportunidade de mercado e oferecer o valor dos gêmeos digitais aos clientes, os EPCs devem conhecer muito bem a remediação de dados brownfield, para criar uma representação da forma física do ativo no estado em que se encontra e seus dados históricos (dados de processos/comportamentais), que podem ser usados para informar decisões sobre mudanças nos processos da planta, projetos de renovação e até descomissionamento.

Transformando desafios em oportunidades

Se você considera as mudanças iminentes como mais uma cesta de limões sendo jogada no maltratado setor de EPC ou como uma oportunidade excelente para um setor digitalmente atrasado alcançar um futuro mais promissor, a transformação digital é o copo de limonada de que todos nós precisamos para nos levar ao sucesso.

As plantas do amanhã serão uma combinação de novas instalações e versões modernizadas daquelas que já estão funcionando há muitos anos. Não importa como tenham surgido, todas as plantas do futuro exigirão processos e culturas digitais colaborativos que possam ser facilmente modernizados com o tempo enquanto todo o setor passa pela transição energética de longo prazo.

Se os EPCs dominarem a transformação digital da entrega de projetos de capital, terão maior resiliência corporativa, permitindo investimentos de capital mais viáveis, margens mais altas e maior confiança, ao mesmo tempo ajudando seus clientes operadores proprietários a atender aos crescentes imperativos das plantas do futuro e a serem bons zeladores do planeta.

Para saber mais sobre como atender aos imperativos digitais e de sustentabilidade das plantas no futuro, explore a página "A construção da planta do futuro".

Inscreva-se para receber informações atualizadas

Inscreva-se em nosso newsletter informativo e receba todas as informações mais recentes, diretamente da fonte.

Inscreva-se hoje mesmo