A economia de assinaturas industriais baseia-se em resultados, não em produtos

Com base em um relatório da Economist, 80% das empresas estão vendo uma mudança na forma como seus clientes desejam acessar e pagar por bens e serviços e com isso 50% dessas mesmas empresas estão mudando seus modelos de preços.

Então, o que está impulsionando essa mudança no comportamento do cliente? Os clientes esperam resultados!

Criado pela Zuora, o termo "economia de assinaturas" descreve a passagem do modelo tradicional de pagamentos por produto para o modelo de assinaturas. A mudança para a venda de produtos e serviços com base em resultados mensuráveis exige mais do que a implementação de tecnologias interessantes. Exige ver os clientes primeiramente como pessoas e proporcionar as experiências mais positivas para os clientes.

Tradicionalmente, as empresas pensavam que o segredo para conquistar clientes estava na qualidade do produto ou serviço que forneciam. Na economia de assinaturas, não se trata dos produtos ou do número de transações de vendas. O sucesso não é mais definido pelo seu produto, mas pela maneira com que usuários individuais são beneficiados ao assinarem seu produto.


Saiba mais sobre o AVEVA Operations Control, que capacita as equipes com software de operações flexíveis


A economia de assinaturas prioriza a experiência do cliente

Esse modelo baseado em resultados depende do desempenho das pessoas (os dos assinantes). Dessa forma, deve se basear na capacitação das pessoas com formas mais inteligentes de realizar o trabalho, utilizando tecnologias digitais, dispositivos e sensores IIoT inteligentes, análises baseadas na nuvem e acesso onipresente aos dados.  

Uma estratégia concentrada nas pessoas e não no produto envolve uma mudança na forma como as empresas veem a jornada de seus clientes:

  • O importante é o acesso, não a propriedade
  • O importante é a melhoria e a manutenção constantes, não a obsolescência planejada
  • Trata-se de parceria de longo prazo, não de transações

O processo de vendas baseado em assinaturas depende menos do fechamento de uma venda e mais de manter o relacionamento para criar benefícios para o cliente no longo prazo.

Os clientes não baseiam mais a fidelidade no preço ou no produto. Em vez disso, permanecem fiéis às empresas nas quais confiam e devido à experiência que recebem. Uma boa experiência do cliente significa que é mais provável que seus clientes aumentem os gastos com você. Por outro lado, se você não conseguir acompanhar as crescentes demandas dos clientes, eles poderão deixá-lo.

O futuro está aqui: assinaturas industriais

A assinatura não é novidade em muitos setores, inclusive em mídia, telecomunicações, varejo e software. As aplicações industriais representarão a próxima onda. Mas reimaginar sua proposta de valor deve abranger mais do que apenas uma mera mudança no financiamento.

As assinaturas industriais bem-sucedidas devem ser baseadas em dados, implantando um rico ambiente sensorial de internet das coisas para monitoramento, controle e manutenção remotos do produto. Os dados coletados da operação real da solução, combinados com o aprendizado de máquina, criarão um poderoso ciclo de informações para a melhoria contínua. Esses esforços se manifestarão em gêmeos digitais em todos os ciclos de vida operacionais e de ativos.

Desde o lançamento inicial do programa de assinaturas AVEVA Flex em 2019, nossos clientes puderam acessar nosso amplo e profundo portfólio de software industrial em um programa centralizado, para gerar melhores resultados e adaptar-se de acordo com as mudanças nas necessidades da empresa. Os novos pacotes de assinaturas do AVEVATM Operations Control representam o próximo passo para disponibilizar nosso portfólio robusto, por meio de assinaturas simplificadas, e fornecer aos clientes o software de que precisam para gerar tomadas de decisões aprimoradas.  

Essa experiência aprimorada de usuário, holística e sem atritos, permite que os clientes acessem informações e funcionalidades de toda a ampla gama de aplicativos já comprovados da AVEVA: dos dados de processos HMI/SCADA em tempo real ao gerenciamento de execução de fabricação e manutenção preditiva. Os clientes se beneficiam do processamento de informações e trabalho e da digitalização de conhecimento. Por exemplo:

  • capacitar o operador da linha de frente com mobilidade por meio da visualização ilimitada de IHM comprovada e utilizar a nuvem para aprimorar a colaboração e o compartilhamento de conhecimento para gerar melhorias constantes
  • utilizar os recursos na nuvem para desenvolvimento, visualização e armazenamento, visando gerar eficiência e padronização em engenharia em toda a empresa
  • aumentar dados de processo históricos e em tempo real com recursos de IA de aprendizado de máquina baseados na nuvem, para prever possíveis defeitos ou falhas e adotar medidas preventivas

O AVEVA Operations Control proporciona continuamente os dados e as informações necessários para capacitar a força de trabalho moderna.

Inscreva-se para receber informações atualizadas

Inscreva-se em nosso newsletter informativo e receba todas as informações mais recentes, diretamente da fonte.

Inscreva-se hoje mesmo